Logo

Terá a linha de bloqueio do istmo cavo-tricúspide algum impacto no sucesso da ablação da fibrilhação auricular?

Will cavo-tricuspide isthmus line have some impact on the success of atrial fibrillation ablation?

 

DOI:
http://dx.doi.org/10.5031/v1i1.RIA1041

Id:
v1i1.RIA1041

Idioma del manuscrito:
Portuguese

País:
Portugal

Categoría (seleccionar una categoría apropiada para el envío) :
Artículos Originales

Palabras clave:
Ablación por catéter, Fibrilación auricular

Autores y títulos (Ejemplo: Fernandes C., MD, PhD, etc):
Rui Candeias, Pedro Adragão, Diogo Cavaco, Katya R. Santos, António P. Vieira, Francisco B. Morgado, Daniel Bonhorst, Aniceto Silva

Hospital de Faro, Rua Leão Penedo , Faro
candeias_rui@hotmail.com

 

Resumen en Español o Portugués

A manutenção da fibrilhação auricular (FA) depende da presença de múltiplos circuitos de reentrada nas aurículas. Na ablação da FA, após o isolamento das veias pulmonares (VP), a modificação do substrato pode ser reforçada com a realização de linhas na aurícula esquerda. A linha de ablação do istmo cavo-tricúspide (ICT) pode constituir uma alternativa mais fácil e segura às linhas esquerdas para esse fim. A não indutibilidade após a ablação de FA está associada a taxas de sucesso mais elevadas. O objectivo deste estudo é avaliar se a linha de ablação do ICT, após o isolamento das VP, reduz a indutibilidade de arritmias auriculares e de fibrilhação auricular. Em 29 doentes consecutivos submetidos a isolamento das VP por FA paroxistica ou persistente, a indutibilidade de arritmias auriculares foi testada antes e após a linha de ablação do ICT, com salvas de pacing a partir do seio coronário proximal. As arritmias foram consideradas indutíveis se persistiam por pelo menos 60 segundos. Dos 29 doentes, 26 (90%) tinham arritmia indutível antes da ablação do ICT – FA em 16, flutter auricular (FLA) típico em sete e FLA atípico em três. Após a ablação do ICT apenas 11 (38%) doentes mantiveram indutibilidade de arritmia (p<0,001) – FA em nove e FLA atípico em dois. Houve redução significativa da indutibilidade de FA (16 vs 9 / 29, p=0,016) e da indutibilidade combinada de FA e FLA atípico (19 vs 11 / 29, p=0,021). Após um ano de seguimento, 23 doentes (79%) permaneceram livres de recorrência de arritmia. As taxas de sucesso foram de 83% nos doentes sem e 73% nos doentes com arritmia indutível no final do procedimento (p=ns). A linha de ablação do ICT, em adição ao isolamento das VP, reduziu significativamente o número de doentes com arritmias auriculares indutíveis e FA indutível.

Resumen en Inglés

Atrial fibrillation (AF) maintenance depends on the presence of multiple reentry circuits in the atria. In AF ablation, after pulmonary vein (PV) isolation, substrate modification can be increased by performing linear lesions in the left atrium. The cavo-tricuspide isthmus (CTI) line may be an easier and safer alternative to left lines for that purpose. Non-inducibility after AF ablation is associated with a higher success rate. The aim of this study is to evaluate whether a CTI line, after PV isolation, reduces atrial arrhythmias and AF inducibility. In 29 consecutive patients submitted to PV isolation for paroxistic or persistent AF, atrial arrhythmias inducibility was tested before and after CTI ablation, with burst pacing from the proximal coronary sinus. Atrial arrhythmias were considered inducible if they persisted for more than 60 seconds. Of the 29 patients, 26 (90%) had an inducible arrhythmia before CTI ablation – AF in 16; typical atrial flutter (AFL) in seven and atypical AFL in three. After CTI ablation only 11 (38%) patients maintained arrhythmia inducibility (p<0,001) – AF in nine and atypical AFL in two. There was a significant reduction of AF inducibility (16 vs 9 / 29, p=0,016) and of combined AF and atypical AFL inducibility (19 vs 11 / 29, p= 0,021). After one year of follow-up, 23 patients (79%) remained free of arrhythmia recurrence. Success rates were 83% in patients without and 73% in patients with inducible arrhythmia at the end of the procedure (p=ns). A CTI line, in addition to PV isolation, significantly reduced the number of patients with inducible atrial arrhythmias and inducible AF.

 

Contenido

Terá a linha de bloqueio do istmo cavo-tricúspide algum impacto no sucesso da ablação da fibrilhação auricular?

Clique aquí para descargar